Blog

IoT vs M2M: Um comparativo fácil e rápido para você entender as diferenças!

Você já deve ter escutado esses dois termos e viu que apresentam conceitos bem semelhantes, mas será que são a mesma coisa? Não, mas apresentam detalhes bem parecidos!

Resumindo, M2M ou Machine to Machine refere-se ao uso de recursos de rede que se comunicam com aplicativos remotos para fins de monitoramento e controle. IoT ou Internet of Things refere-se a conexão inteligente de objetos físicos que podem ser acessados através da internet e que podem trazer inúmeros benefícios para as empresas, pessoas e a sociedade.

Vamos detalhar um pouco mais! Veja a tabela abaixo:

Sigla

IoT M2M
Termo Internet of Things

Internet das Coisas

Machine to Machine

Comunicação Máquina a Máquina

Definição

Comunicação de objetos “conectáveis” por meio de chips e sensores, gerando e compartilhando dados em tempo real para usos diversos em sistemas que beneficiam pessoas, cidades e empresas

Comunicação de máquinas que permitem a aplicação de telemetria, monitoramento remoto e transmissão de dados, permitindo a agilidade de processos e a redução de custos

Diferenças

As soluções IoT dependem de redes baseadas em IP para inserir os dados coletados dos dispositivos em uma plataforma em nuvem

As aplicações M2M são normalmente compostas por módulos de hardware incorporados em uma máquina no site de um cliente e que se comunicam através de redes de celular ou com fio para um aplicativo de software dedicado

Benefícios

Automação de análise de dados;

Facilita a tomada de decisão;

Visão completa (end to end)

Visão tecnológica;

Dados seguros, confiáveis e otimizados;

Aplicações

Meio ambiente, setor logístico, gestão de cidades, setor energético, saúde, manutenção predial, indústria e outros

Voltado para aplicativos de gerenciamento de serviços e pessoas aplicados para diversos segmentos

 

O conceito de IoT – Internet das Coisas vai muito além da Comunicação M2M – Machine to Machine por propor um futuro onde todos os objetos são conectados e se comunicam de forma inteligente. Apresentam também um amplo campo de aplicação e trazem inúmeros benefícios para as empresas e sociedade, envolvendo questões como por exemplo, segurança pública, otimização de processos, monitoramento, detecção de falhas e demais inconsistências.

Podemos dizer que IoT é uma evolução de M2M! Enquanto o M2M tem um caráter mais comercial, com foco no desenvolvimento de soluções de negócios, redução de custos e aumento de eficiência produtiva, o IoT, além de industrial e empresarial, também oferece reflexos diretos sobre a sociedade.

Ambos os conceitos estão em constante evolução e oferecem diversos benefícios como a otimização de processos e a redução de custos.

Nenhum comentário

Postar comentário

nove − dois =